Jograis

As suas raízes reportam-se à Idade Média, onde pequenos grupos de artistas itinerantes através da poesia, quase sempre cantada, promoviam a sátira e crítica social.

Estes grupos, com vida de saltibancos actuavam quer nas ruas quer, por vezes, como animadores de Saraus da Nobreza e da Corte.

No Orfeão, os Jograis, com uma tradição de décadas nos seus espetáculos, estão desde sempre, na primeira linha da sátira político-social, tendo sido por diversas vezes, alvo da censura do antigo regime.

Usando apenas textos originais, inspirados no humor característico dos Estudantes, os Jograis do OUP foram desde o início do FITU os responsáveis pela apresentação do mesmo, originando, ainda que de forma indirecta, o aparecimento de grupos similares no resto do País.

Faísca MP3